Posso usar {param1}, {param2} e {param3} para acompanhamento de nível de palavra-chave com URLs Atualizadas e URLs finais?

Posso usar {param1}, {param2} e {param3} para acompanhamento de nível de palavra-chave com URLs Atualizadas e URLs finais?

Saiba o que você pode fazer com param1, param2 e param3 ao mudar para URLs finais.

Com URLs Atualizadas, você pode configurar o acompanhamento de nível de palavra-chave criando um modelo de acompanhamento e, em seguida, não precisa mais usar {param1}, {param2} e {param3}. Alguns comentários sobre modelos de acompanhamento:

  • Você pode criar um modelo de acompanhamento no nível de conta, campanha, grupo de anúncio, palavra-chave e Extensão de Link de Site (do nível mais alto para o mais baixo).
  • Quando seu anúncio for veiculado, o modelo de acompanhamento de nível mais baixo será anexado à URL da página de aterrissagem.
  • É recomendável definir o modelo de acompanhamento no nível de conta para que ele seja aplicado a todas as campanhas, grupos de anúncios, anúncios e palavras-chave. Para saber mais, consulte Como criar um modelo de acompanhamento de conta?

Se você ainda quiser usar {param1}. {param2} e {param3] para rastreamento no nível de palavra-chave, poderá adicionar {param} em um domínio na caixa URL Final, mas a URL Final não pode ser apenas um {param}.

Exemplo

Na caixa URL Final, "contoso.com/{param1"} é permitido, mas somente "{param1}" não é.

{param1}, {param2} e {param3} ainda são permitidos em títulos de anúncio e em descrições. Para saber mais, consulte Personalizar automaticamente seus anúncios com parâmetros de texto dinâmico.

Como mover {param1}, {param2} ou {param3} para URLs finais?expando image

Você pode exportar {param1} {param2} ou {param3}, separar as informações de acompanhamento de URLs finais e, em seguida, carregar usando o Bing Ads Editor. Nas instruções abaixo, usaremos {param1}, mas as mesmas instruções se aplicam a {param2} e {param3}.

  1. Abra sua conta do Bing Ads na versão mais recente do Bing Ads Editor.
  2. Selecione Exportar e, em seguida, Exportar a conta inteira.
  3. No arquivo, confira se você vê as colunas param1, URL Final e Modelo de acompanhamento. Se não encontrar as colunas, você poderá adicioná-las ao arquivo.
  4. Na coluna param1, copie a parte de acompanhamento de {param1} e cole-a na coluna modelo de acompanhamento. Insira {lpurl} no local em que a URL da página de aterrissagem original aparecia.
  5. Na coluna param1, copie a parte da página de aterrissagem de {param1} e cole-a na coluna URL Final.
  6. Verifique se a URL da página de aterrissagem está definida como o nome de domínio da URL de exibição. Por exemplo, "contoso.com" em "www.contoso.com"
  7. Exclua o conteúdo da coluna param1. Essa coluna deve estar vazia antes que você importe o arquivo.
  8. Salve o arquivo.
  9. No Bing Ads Editor, selecione Importar e, em seguida, Importar de arquivo.
  10. Verifique se as colunas de URL Atualizada estão mapeadas corretamente para os campos do Bing Ads.
  11. Selecione Postar para salvar as alterações no Bing Ads.
Qual é a precedência para como a URL é escolhida pelo Bing?expando image

Aqui está a ordem en que URL + {param} será exibido quando seu anúncio for veiculado (do maior para o menor):

  • URL Final de palavra-chave
  • URL de Destino de palavra-chave
  • URL Final de anúncio
    Você não pode usar http://{param1}.
  • URL de Destino de anúncio
    Se isso for definido como {param1}, o Bing Ads examinará o valor de {param1} de Palavra-chave quando o anúncio for veiculado.

See more videos...